entre o lixo bom e o lixo mau


A propósito dos vários achados que vou tendo, tem surgido algumas perguntas, sobre o que vale ou não a pena.

Eis algumas dicas, que fui aprendendo com o tempo e que vai facilitar a decisão de apanhou não alguma coisa do lixo, ou comprar ou não alguém coisa no OLX.


No lixo...

  • Vale sempre a pena parar quando se percebe que há um amontado de moveis no lixo, às vezes pode ter muita tralha e lá para o meio haver ''A'' peça.
  • Normalmente, estas coisas (boas) são deixadas em lixos que tenham uma boa área à volta, e que estejam visíveis da estrada, pois quem lá deixa não é para ir para o lixo, mas exactamente para alguém aproveitar!
  • Quando encontrar madeira tenha em conta :
    -Se a estrutura está boa - A maior parte de nós não sabe restaurar/arranjar /colar /pregar pés de mesa, cadeira etc... por isso nao vale a pena levar uma coisa que à partida vai ficar num canto da casa à espera que se arranje, sem data para tal.
    - MUITA atenção, se a madeira não tem bicho da madeira, é uma praga dificílima, cara e complicada para eliminar. Levar uma peça com este bicho pode prejudicar as outras madeiras que tem em casa! Identifica-se esta praga pelo aspecto perfurado da madeira, como na imagem :


  • Eu nunca trago, colchões (muito muito pouco higiénico), mobiliário de plástico - que também é mais difícil de restaurar e quase sempre está muito estragado.
  • Quando são peças para forrar tenha em atenção - o estado das molas e estrutura do acento.
  • Quando são ferros tente perceber o estado da ferrugem, se é reversível ou não, às vezes já tem tanta ferrugem que o ferro já está preste a partir - tudo o que seja trabalho de serralheiro é caro, por isso faça o balanço, veja se compensa.
  • Só traga aquilo que tem a certeza que vai usar, não vale a pena trazer coisas para ficarem amontadas em casa sem terem utilidade!

No OLX...


  • Tenha em atenção as medidas;
  • Peça para ver a peça ao vivo e certifique se de que não tem falhas, riscos ou defeitos que não estavam assinalados;
  • Se estiver com duvidas peça mais imagens e detalhes sobre a peça, ano, material etc...
  • Não vale a pena procurar fora da sua área de residência, o dinheiro que vai gastar no transporte normalmente não compensa a peça que quer.
  • Negociar é importante! Se tiver em atenção à quanto tempo a peça está online ou quão gasta está, ou mesmo se houver outras semelhantes mais baratas, tudo isto lhe dá margem de manobra para um bom negocio!
  • Faça a compra num local publico se possível, se não vá com alguém.
  • Pague SEMPRE quando for buscar a peça ao vivo e nunca por transferencia.
  • (Todos os pontos em relação à madeira e ao ferro acima descritos são igualmente importantes neste caso);


0 comentários:

Enviar um comentário